Segunda, 18 de Janeiro de 2021 19:53
99 3199-1120
Destaque CASO MARANHÃOZINHO

Ao menos 16 prefeitos maranhense do PL receberam "emenda parlamentar" do deputado Josimar Maranhãozinho

O montante de quase R$ 16 milhões de emenda, foram distribuido em prefeituras no interior do maranhão, governados por prefeitos que fazem parte do Partido Liberal (PL), ao qual Maranhãozinho preside no estado.

10/12/2020 17h51 Atualizada há 1 mês
89.041
Por: Willamy Figueira
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Não há dúvidas para a Polícia Federal que foi montado uma espécie de consórcio nas prefeituras do Maranhão, governada por prefeitos do Partido Liberal (PL), ao qual o deputado federal Josimar Maranhãozinho, preside no estado. Segundo relatório de investigação da PF, foram distribuídos cerca de R$ 15.940.454,00 (quinze milhões novecentos e quarenta mil e quatrocentos e cinquenta e quatro reais), de emendas parlamentares para o Custeio Dos Serviços De Atenção Básica Em Saúde Para Cumprimento De Metas e também para o Custeio Dos Serviços De Assistência Hospitalar E Ambulatorial Para Cumprimento De Metas.

Para Josimar Maranhãzinho que foi alvo da Operação Descalabro nesta quarta-feira (09), onde a PF fez buscas e apreensões em endereços ligados a Maranhãozinho - REVEJA AQUI - só era possível se o prefeito fizesse parte de uma espécie de consórcio intermunicipal para o recebimento de emendas de Josimar, condicionado a filiação partidária do prefeito ao partido PL. Alguns desses prefeitos abandonaram outras siglas partidárias para compor ao consórcio de Maranhãozinho e apenas um permaneceu no PDT.

A Polícia Federal também identificou que a maior beneficiada no esquema das emendas, foi a prefeita de Zé Doca - MA, Josinha Cunha (PL), que recebeu o valor de mais de R$ 4 milhões, de uma única vez. 

Os valores que totalizaram quase R$ 16 milhões de emendas do deputado, está disponível para conferência no site da Câmara dos Deputados - VEJA AQUI - ao qual detalha no perfil do deputado federal Josimar Maranhãozinho, os valores das emendas, propostas legislativa e quantas votações nominais o deputado participou.

Veja os prefeitos que receberam as emendas:

  • Município: Monção – R$1.000.000,00 – Prefeita Claudia Silva – PL
  • Município: Luís Domingues – R$500.000,00 – Prefeito Gilberto Braga – PL
  • Município: Centro do Guilherme – R$1.000.000,00 – Prefeito Zé de Dário – PL
  • Município: Presidente Médici – R$300.000,00 – Prefeita Ivone Pinho – PL
  • Município: Amapá do Maranhão – R$300.000,00 – Prefeita Tate do Ademar – PL
  • Município: Apicum-Açu – R$1.000.000,00 – Prefeito Claudio Cunha – PL
  • Município: Araguanã – R$1.000.000,00 – Prefeito Valmir Amorim – PL
  • Município: Carutapera – R$750.000,00 – Prefeito André Dourado – PL
  • Município: Governador Newton Bello – R$500.000,00 – Prefeito Roberto do Posto – PL
  • Município: Igarapé do Meio – R$1.000.000,00 – Prefeito Almeida – PL
  • Município: Lago do Rodrigues – R$750.000,00 – Prefeito Edijacir Leite – PL
  • Município: Olho d´Agua das Cunhãs – R$500.000,00 – Prefeito Rodrigo Oliveira – PDT
  • Município: Zé Doca – R$4.340.454,00 – Prefeita Josinha Cunha – PL
  • Município: Maranhãozinho – R$1.000.000,00 – Prefeito Auricélio – PL
  • Município: Pedro do Rosário – R$1.000.000,00 – Prefeito Raimundo Antônio – PL
  • Município: Carolina – R$1.000.000,00 – Prefeito Dr Erivelton - PL

O deputado Josimar Maranhãozinho, chegou a emitir nota, ontem mesmo (09), horas depois de ter sido alvo da PF, que tudo será esclarecido, que o dinheiro encontrado de mais de R$ 1 milhão em seu escritório em São Luis, é derivado do seu ramo empresarial e pecuária. Josimar ainda enfatizou na nota, que tudo isso se trata de uma perseguição política após ele declarar a intenção de ser candidato ao governo do Maranhão em 2022.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.