Segunda, 18 de Janeiro de 2021 19:34
99 3199-1120
Destaque REDE DE FRIO

Maranhão irá receber quase R$ 2 milhões para reforçar o armazenamento de vacinas

O montante liberado pelo Ministério da Saúde que o estado terá a disposição, será para processo de armazenamento, conservação, manipulação, distribuição e transporte de vacinas, entre elas a do Covid-19 que faz parte do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

07/12/2020 23h11 Atualizada há 1 mês
91.700
Por: Willamy Figueira
Maranhão irá modernizar a Rede de Frios para armazenamento e conservação de vacinas (Foto: Divulgação)
Maranhão irá modernizar a Rede de Frios para armazenamento e conservação de vacinas (Foto: Divulgação)

O Maranhão irá receber do Ministério da Saúde, cerca de R$ 1.579.800,00 (Um milhão e quinhentos e setenta nove mil e oitocentos reais), para serem investidos na melhoria da Rede de Frio para fortalecer o Programa Nacional de Vacinação (PNI) do Sistema Único de Saúde (SUS). O valor faz parte do repasse que os estados brasileiros irão receber em parcela única do Fundo Nacional de Saúde aos Fundos de Saúde dos Estados e do Distrito Federal e serão utilizados para a aquisição de equipamentos pelos Estados e o DF com o objetivo de atender com excelência a todos os objetivos propostos no plano de vacinação contra a Covid-19.

Dos quase R$ 2 milhões destinado ao estado, os municípios com mais de 100 mil habitantes serão os mais beneficiados através das pactuações nas Comissões lntergestores Bipartite (CIB), entre estado e municípios. A Rede de Frio ou Cadeia de Frio é o processo de armazenamento, conservação, manipulação, distribuição e transporte dos imunobiológicos do Programa Nacional de Imunizações (PNI), e deve ter as condições adequadas de refrigeração, desde o laboratório produtor até o momento em que a vacina é administrada na população.

O Maranhão tambem irá receber R$ 42.000,00 (Quarenta e dois mil reais), destinado pela Vigilância Sentinela de Síndrome Gripal que assegurar que todos os imunobiológicos administrados mantenham suas características iniciais, a fim de conferir imunidade, haja vista que são produtos que se deterioram depois de determinado tempo quando expostos a variações de temperaturas inadequadas à sua conservação.

O Ministério da Saúde irá investir mais de R$ 59 milhões aos estados, incluindo o DF para que haja preparação nas estruturas de postos de saúde para vacinação contra o novo Coronavírus.

Veja os estados que serão beneficiados:

  • ACRE - R$ 1.365.900,00
  • ALAGOAS - R$ 1.131.450,00
  • AMAZONAS - R$ 1.131.450,00
  • AMAPÁ - R$ 1.067.400,00
  • BAHIA - R$ 3.115.800,00
  • CEARÁ - R$ 1.878.300,00
  • DISTRITO FEDERAL - R$ 2.261.400,00
  • ESPÍRITO SANTO - R$ 1.836.000,00
  • GOIÁS - R$ 1.771.950,00
  • MARANHÃO - R$ 1.579.800,00
  • MINAS GERAIS - R$ 4.236.450,00
  • MATO GROSSO DO SUL - R$ 1.259.550,00
  • MATO GROSSO - R$ 1.259.550,00
  • PARÁ - R$ 2.070.450,00
  • PARAÍBA - R$ 1.323.600,00
  • PERNAMBUCO - R$ 2.092.200,00
  • PIAUÍ - R$ 1.131.450,00
  • PARANÁ - R$ 2.412.450,00
  • RIO DE JANEIRO - R$ 4.815.850,00
  • RIO GRANDE DO NORTE - R$ 1.195.500,00
  • RONDÔNIA - R$ 1.131.450,00
  • RORAIMA - R$ 1.067.400,00
  • RIO GRANDE DO SUL - R$ 2.710.950,00
  • SANTA CATARINA - R$ 1.964.100,00
  • SERGIPE - R$ 1.131.450,00
  • SÃO PAULO - R$ 11.366.650,00
  • TOCANTINS - R$ 1.131.450,00
  • TOTAL - R$ 59.439.950,00
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.