Quinta, 29 de Outubro de 2020 21:50
99 3199-1120
Destaque CHAPADINHA - MA

Homem é preso pela polícia acusado de estuprar e engravidar menina de 12 anos

Segundo as informações da Polícia Civil a vítima já está no quinto mês de gestação e o fato aconteceu no povoado Centro da Água Branca, zona rural de Chapadinha.

10/10/2020 11h04
99.904
Por: Redação
Delegacia Regional de Chapadinha - MA (Foto: Divulgação/Arquivo)
Delegacia Regional de Chapadinha - MA (Foto: Divulgação/Arquivo)

A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) prendeu, nesta sexta-feira (9), um homem suspeito de estuprar uma menina de 12 anos, na cidade de Chapadinha, a 246km de São Luís.

Segundo a polícia, a vítima engravidou devido aos abusos e está no quinto mês de gestação. Após prestar depoimento, o suspeito foi encaminhado para uma unidade prisional da região. Ainda de acordo com a polícia, o suspeito abusava da vítima no povoado Centro da Água Branca, zona rural de Chapadinha.

Outro caso de estupro:

Em agosto deste ano a Polícia Civil de Chapadinha - MA, prendeu um homem pela prática de Estupro de Vulnerável. Prisão realizada através do Serviço de Proteção à Mulher da Delegacia Regional de Chapadinha (MA). Conforme a equipe a vítima seria a do suspeito enteada de iniciais E.S.C.

A captura do homem aconteceu no Povoado Santa Rosa, município de Mata Roma - MA, e a prisão foi realizada pela equipe composta pelos investigadores lotados nesta Delegacia Regional de Polícia Civil.

Aumento de casos de estupro de vulnerável:

O Maranhão teve uma alta de 33% no número de casos de estupro de vulnerável no primeiro semestre de 2020, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Esta é a segunda maior alta entre os 27 estados e o Distrito Federal. O Maranhão só fica atrás do Rio Grande do Norte, que registrou um aumento de 62%. Apenas os estados do Acre e do Rio de Janeiro não divulgaram dados.

Nos primeiros seis meses do ano, parte desses durante a pandemia de Covid-19, o estado registrou 271 casos de estupro de vulnerável, contra 204 ocorrências notificadas no mesmo período de 2019.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.