Terça, 29 de Setembro de 2020 16:19
99 3199-1120
Destaque DESENVOLVIMENTO

Rio Gurupi é incluso como parte de bacias hidrográficas pela CODEVASF

O rio que tem 720 km de extensão com nascente no Maranhão e corta parte do estado do Pará, condicionará a expansão das atividades da companhia à previsão de recursos no Orçamento da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (CODEVASF).

10/09/2020 17h05
89.594
Por: Willamy Figueira
 O Rio Gurupi é o divisor natural entre os estados do Pará e Maranhão (Foto: Divulgação)
O Rio Gurupi é o divisor natural entre os estados do Pará e Maranhão (Foto: Divulgação)

Entrou em vigor nesta quarta-feira (9) a lei (14.053/20) que amplia a área de atuação da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf) para incluir os estados do Amapá, do Rio Grande do Norte e da Paraíba e municípios da região do Alto Rio Pardo, em Minas Gerais.

Na prática, além de atender integralmente bacias hidrográficas continentais e litorâneas localizadas nos estados de Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Piauí, Maranhão, Ceará e Goiás, a nova lei autoriza a Codevasf – empresa pública destinada a estimular o desenvolvimento em sua área de atuação – a operar também no Amapá, na Paraíba, no Rio Grande do Norte e na região do Alto Rio Pardo, em Minas Gerais.

O texto sancionado é um substitutivo do deputado Silvio Costa Filho (Republicanos-PE), que relatou a matéria na Câmara e alterou o projeto original (PL 4731/19), do presidente do Senado, Davi Alcolumbre. A proposta de Alcolumbre previa a inclusão de bacias hidrográficas do Amapá, do Amazonas e do Pará. Ao revisar as mudanças feitas pelos deputados, o senadores fizeram apenas emendas de redação, assim o tema não precisou retornar à Câmara e seguiu para sanção presidencial.

Orçamento:

Em razão de polêmicas sobre a falta de recursos, os deputados decidiram condicionar a expansão das atividades da companhia à previsão de recursos no Orçamento e, por conta da grande extensão territorial, deixaram de fora as bacias do Amazonas da área apoiada pela Codevasf.

Por outro lado, entre os rios pertencentes a estados não abrangidos totalmente pela atuação da empresa, foram incluídas as bacias hidrográficas dos rios Jequitinhonha, Mucuri e Araguari, em Minas Gerais; de Contas, na Bahia; e de Gurupi, nos estados do Maranhão e do Pará.

Esta é a sétima vez que a legislação que criou a Codevasf é alterada para ampliar sua área de atuação. A Lei 6.088/74 já foi emendada em 2000, 2009, 2010, 2017 (por duas vezes) e 2018.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.