Terça, 04 de Agosto de 2020 14:44
99 98131-0721
Esportes FUTEBOL

Governo do Maranhão libera mais de R$ 1 milhão em patrocínio para o Campeonato Maranhense

O Campeonato Maranhense será retomado no dia primeiro de agosto. A competição esta suspensa desde março, quando tinha ainda sua primeira fase em disputa.

08/07/2020 12h31
77.946
Por: Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em entrevista coletiva realizada pela internet, no final da semana passada, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), divulgou o valor e a sua autorização para liberação de patrocínio do Campeonato Maranhense 2020. A quantia a ser dividida pelos clubes será de R$ 1,1 milhão de reais de acordo com Dino.

"Autorizei já para que haja a aprovação do projeto de incentivo fiscal. O Grupo Equatorial que irá, com a isenção fiscal do governo do estado, patrocinar como temos feito desde o início do governo. Eu já autorizei na semana passada. Esse apoio é de 1 milhão e 100 mil reais para que o Campeonato Maranhense de Futebol possa se realizar" - disse o governador.

A forma com que o patrocínio será divido ainda não foi divulgada. A tendência é que detalhes da liberação como data e a própria divisão sejam divulgados nos próximos dias. A expectativa é que o dinheiro seja debitado ainda este mês.

Protocolos de retorno:

A Federação Maranhense de Futebol (FMF) divulgou no dia (1º), o protocolo para a retomado de treinos e jogos do Campeonato Maranhense 2020. No documento a FMF elencou uma série de diretrizes que implicam nas medidas sanitárias para realização de atividades nos centros de treinamentos e estádios de futebol.

Sobre treinamentos a Federação Maranhense de Futebol confirmou as liberações a partir desta segunda-feira, mas sublinhou sobre a liberação de cada cidade para isso. Até então apenas São Luís teve autorização divulgada pelo Governo do Estado. De acordo com o protocolo da FMF "Em até 4 (quatro) dias antes do reinício dos treinos, os clubes, obrigatoriamente, deverão providenciar a testagem (RT-PCR SARS-CoV-2) de todos os atletas, comissão técnica, diretoria e funcionários, e mais aqueles que de forma direta ou indireta participarem das atividades antecedentes aos treinos".

Os treinos só poderão ser iniciados após os resultados dos exames, de acordo com o protocolo e o devido afastamento de possíveis pessoas que testarem positivo. Além disso será aplicado um questionário epidemiológico. Em caso de apresentação de sintomas, novos testes deverão ser realizados.

A FMF elenca em seu protocolo a higienização dos locais de treinos e concentrações de atletas. Uma alteração simbólica é sobre o uso de utensílios como garrafas, que segundo o protocolo deverão ser individuais e descartáveis.

"Recomenda-se a concentração de atletas que forem testados por métodos cujos resultados sejam superiores a 48h", diz o documento.

Quanto a jogos, além de todos os tópicos elencados para treinos, como testes até quatro dias antes para quem for participar do jogos, algumas regras chamam atenção. Como: "A preleção aquecimento e pós jogo devem ser realizados dentro do campo aquecimento e pós jogo devem ser realizados dentro do campo", Quando do protocolo de entrada dos times em campo "é vedada a entrada de crianças e mascotes". O protocolo se estende ainda com determinações: sem foto e sem aperto de mão, sem aglomeração ou abraços na comemoração de gols e não haverá entrevista "dentro ou fora do campo".

Aliás, profissionais de imprensa assim como policiais, gandulas, maqueiros, arbitragem, delegados do jogo, profissionais da saúde e outros setores que compõe uma partida de futebol só poderão ter acesso ao estádio com apresentação de testes da Covid-19. O uso da máscara é obrigatório.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.