Segunda, 06 de Julho de 2020 09:46
99 98131-0721
Cidades CORONAVIRUS

São Luis é a primeira cidade brasileira a declarar "lockdown" em meio a Pandemia

A determinação foi do juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca da Ilha de São Luís e o 'lockdown' (bloqueio total) será para quatro municípios da Região Metropolitana.

30/04/2020 18h57
91.161
Por: Willamy Figueira
Região Metropolitana de São Luis é a primeira do país a adotar
Região Metropolitana de São Luis é a primeira do país a adotar "lockdown" (Foto: Divulgação)

O juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca da Ilha de São Luís, declarou na tarde desta quinta-feira (30), lockdown (bloqueio total), na região metropolitana da capital maranhense São Luis, em meio a Pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19). De acordo com decisão proferida pelo juiz, os municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa são os municípios maranhense a adotar esse tipo de restrição.

O Maranhão é o primeiro estado brasileiro a adotar essa medida, em meio ao crescimento de infectados pelo Covid-19 e também pela crescente em números de óbitos registrados principalmente na grande São Luis. De acordo com a decisão, ficarão suspensas todas as atividades não essenciais à manutenção da vida e da saúde, com exceção de serviços de alimentação, farmácias, portos e indústrias que trabalham em turnos de 24 horas. Também está proibida a entrada e saída de veículos da Ilha de São Luís, por dez dias, com exceção para caminhões, ambulâncias, veículos transportando pessoas para atendimento de saúde e atividades de segurança.

O governo do Maranhão informou que vai aguardar a decisão judicial, analisar e ver as medidas necessárias para o cumprimento das determinações. A decisão também vai suspender a circulação de veículos particulares, sendo autorizados somente a saída para compra de alimentos ou medicamentos, para transporte de pessoas e atendimento de saúde, serviços de segurança ou considerados essenciais pelo decreto estadual.

O juiz fundamentou sua decisão com dados da Fio Cruz, que afirmou que o Maranhão é o estado da federação que apresenta maior ritmo de crescimento no número de mortos por COVID-19 no Brasil. Douglas Martins também lembra que os hospitais privados já noticiam que a capacidade máxima de seus leitos para pacientes com COVID-19 foi atingida.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.