Domingo, 12 de Julho de 2020 23:11
99 98131-0721
Geral EMPRESARIADO DE LUTO

Dono do Armazém Paraíba, João Claudino morre aos 89 anos em Teresina - PI

Empresário estava enfrentando um câncer na próstata e estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Terapia Intensiva (HTI Sul).

24/04/2020 12h51
89.275
Por: Willamy Figueira Fonte: GP1 - Teresina
Empresário morre aos 89 anos, vítima de um câncer (Foto: Divulgação)
Empresário morre aos 89 anos, vítima de um câncer (Foto: Divulgação)

O empresário João Claudino Fernandes, proprietário do Armazém Paraíba, faleceu na manhã desta sexta-feira (24), aos 89 anos, vítima de câncer de próstata avançado, com metástase. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Terapia Intensiva - HTI Sul. A informação foi confirmada por um de seus filhos, o ex-senador João Vicente Claudino.

De acordo com João Vicente Claudino, o velório de seu pai será restrito à família por conta da pandemia do novo coronavírus. “Nesse período, o velório será apenas para familiares e o mais rápido possível”, ponderou o filho.

A família divulgou um vídeo traçando a trajetória do empresário João Claudino, que escolheu o estado do Piauí por conta de sua posição estratégica, decisão preponderante para conseguir efetivar seus negócios e que, posteriormente, se expandiu para outras regiões, a exemplo o Maranhão e outros estados da federação.

Biografia:

O empresário João Claudino Fernandes nasceu no estado da Paraíba e chegou em Teresina no ano de 1968. Sua primeira loja de tecidos foi inaugurada em Bacabal, no Maranhão, em 1958, mas foi na capital piauiense que o empresário obteve sucesso em suas lojas.

João Claudino, popularmente conhecido como ‘Seu João’, era proprietário do Grupo Claudino, que conta com dezesseis empresas, entre elas as lojas Paraíba, Sucesso Construtora, Frigotil, Houston Bike, Gráfica e Editora Halley, Teresina Shopping e Colchão Onix.

O empresário é pai do ex-senador João Vicente Claudino e completaria 90 anos em junho deste ano.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.