Terça, 29 de Setembro de 2020 07:13
99 3199-1120
Polícia TIMON

Filho é suspeito de matar a própria mãe após ela se negar a dar dinheiro a ele

Segundo a Polícia Militar de Timon - MA, o filho da vítima foi preso após se apresentar no Quartel do 11º BPM e familiares afirmaram que vítima foi esfaqueada após se negar a dar dinheiro para o filho comprar drogas.

12/04/2020 19h37 Atualizada há 6 meses
77.688
Por: Redação
Faca usada no crime (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Faca usada no crime (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

 Uma mulher identificada como Bárbara Lima de Oliveira, de 57 anos, foi assassinada com um golpe de faca durante a madrugada de domingo (12), em Timon, cidade do Maranhão separada de Teresina pelo rio Parnaíba. Segundo a Polícia Militar, o filho da vítima, Elielton Barbosa dos Santos, é o principal do suspeito e foi preso após se apresentar no quartel da PM ainda durante a manhã de domingo.

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 2h, no bairro Cidade Nova II. Bárbara Lima foi morta com um golpe de faca dentro da própria casa. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi prestar socorro, mas a vítima já havia falecido quando a equipe chegou ao local.

De acordo com a PM, Familiares de Bárbara teriam dito aos policiais que o filho da vítima, Elielton, teria desferido o golpe contra a mãe depois que ela negou dar dinheiro para que ele comprasse drogas. O caso é investigado pela Polícia Civil da cidade.

Logo após o crime, os policiais iniciaram buscas pelo suspeito pela cidade, mas por volta as 6h, Elielton se apresentou no quartel do 11º Batalhão. Ele foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes de Timon.

 A delegada Ingrid Albuquerque, da Central de Flagrantes de Timon, disse que, em depoimento, o suspeito negou que tivesse matado a mãe e acusou o companheiro da vítima de ser autor do crime. Entretanto, segundo a delegada, o depoimento de Elielson tem diversas contradições.

O companheiro da vítima estava no local do crime quando os policiais chegaram. Ele prestou depoimento e disse que testemunhou o assassinato de Barbara Lima. "Ele contou que estava com ela, dormindo, quando o suspeito invadiu o quarto, falando palavras de baixo calão e exigindo dinheiro da vítima", disse a delegada.

A mãe teria pego a faca na cozinha para se proteger do filho e mandá-lo sair da casa. Segundo o depoimento do companheiro de Barbara Lima, durante a discussão o suspeito teria tomado a faca das mãos dela e desferido um único golpe contra a mãe, na altura do peito esquerdo. A arma do crime foi encontrada próximo ao muro da casa, e deve passar por exame pericial.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.