30°

Nuvens esparsas

São Luís - MA

Geral Maranhão

Vice-governador participa das comemorações pelos 2 anos de criação do Centro de Iniciação ao Trabalho

Para comemorar a data, o Governo preparou o Feirão do Trabalhador Edição Quilombo Urbano Liberdade, proporcionando um dia de serviços de cidadania para a comunidade.

06/09/2021 às 17h45
Por: Redação Lnove Fonte: Secom Maranhão
Compartilhe:
Feirão do Trabalhador edição Quilombo Urbano Liberdade, proporcionando um dia inteiro de serviços de cidadania para a comunidade, como cadastro para vagas de emprego, emissão gratuita de RG e CPF.(Foto: Handson Chagas)
Feirão do Trabalhador edição Quilombo Urbano Liberdade, proporcionando um dia inteiro de serviços de cidadania para a comunidade, como cadastro para vagas de emprego, emissão gratuita de RG e CPF.(Foto: Handson Chagas)

Nesta segunda-feira (6), o Centro de Iniciação ao Trabalho (CIT), localizado na Praça Negro Cosme, na Liberdade, celebra dois anos de criação. Para comemorar a data, o Governo do Maranhão preparou o Feirão do Trabalhador Edição Quilombo Urbano Liberdade, proporcionando um dia inteiro de serviços de cidadania para a comunidade, como cadastro para vagas de emprego, emissão gratuita de RG e CPF, além de serviços em parceria com o Detran e Jucema.

Coordenado por meio de parceria entre as secretarias de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (Setres) e da Igualdade Racial (Seir), em dois anos de atividade, o CIT tem um saldo social positivo para comemorar: mais de 3 mil pessoas já foram beneficiadas com os serviços sociais do CIT. 

O vice-governador Carlo Brandão fez questão de acompanhar de perto as atividades em celebração aos dois anos do CIT. No local, além dos serviços disponibilizados, a comemoração foi marcada pelas apresentações do Tambor de Crioula da Floresta e Tambor de Crioula da Fé em Deus. 

“Hoje nós estamos comemorando dois anos do CIT, que é um centro de capacitação instalado no bairro da Liberdade. Ou seja, é o governo vindo até o bairro para capacitar as pessoas para que elas tenham oportunidades na vida. É acesso ao trabalho, dignidade e cidadania”, destacou Carlos Brandão, que na ocasião foi presenteado com um artesanato confeccionado pela comunidade e entregou carta de recomendação para o trabalho a 21 jovens da região.

Vice-governador entregou carta de recomendação para o trabalho a 21 jovens da região. (Foto: Handson Chagas)

Maior quilombo urbano do Brasil

O secretário de Igualdade Racial, Gerson Pinheiro, lembrou que o CIT está instalado em um dos bairros mais tradicionais de São Luís, já que a Liberdade, com mais de um século de história, é considerado o maior quilombo urbano do Brasil. 

“A comunidade do território quilombola da Liberdade, com mais de 100 anos de resistência, tem no CIT uma âncora para a iniciação ao trabalho, para fortalecer os seus laços culturais, para fortalecer a sua história de ancestralidade vinda da África. Completar dois anos desse equipamento público é de grande festa, porque a partir daqui nós temos o diagnóstico desses dois anos de trabalho e será aproveitado para que se possa implementar novas políticas públicas”, reforçou Gerson Pinheiro. 

A comemoração pelos dois anos do CIT foi marcada pelas apresentações do Tambor de Crioula da Floresta e Tambor de Crioula da Fé em Deus. (Foto: Handson Chagas)

Qualificação e cultura

O CIT é um equipamento público que foi idealizado pelo governador Flávio Dino e tem mudado a vida dos moradores da Liberdade ao promover qualificação profissional por meio da valorização da cultura local, como explica o secretário de Trabalho e Economia Solidária, Jowberth Alves. 

“Hoje é um dia muito importante. Nós conseguimos alcançar dois anos com o CIT, um equipamento público muito importante, projeto desenvolvido a partir do pensamento do nosso governador Flávio Dino, que tem uma sensibilidade muito grande com as culturas tradicionais, com os povos da periferia. O CIT está dentro da comunidade da Liberdade levando cursos, capacitação e estimulando a integração comunitária”, frisou Jowberth Alves.   

Entre os cursos que foram ofertados no decorrer dos dois anos de funcionamento do CIT estão: informática básica, estamparia, corte e costura, turismo e hospitalidade, recepcionista, vendas e atendimento, auxiliar administrativo, arte e reciclagem, design de moda afro, bordado, confecção de personagens da cultura popular, artesanato com papelão, pintura, customização de camisetas, cursos na área de beleza (salão) e cursos pré-vestibular.

Vilma Andressa Melo conseguiu uma oportunidade por meio do CIT. (Foto: Handson Chagas)

“Recuperar a autoestima”

Para o secretário adjunto de Economia Solidária da Setres e coordenador do CIT, Ricarte Almeida, o espaço veio para resgatar a autoestima das comunidades da Liberdade, Santa Fé e Camboa, regiões que durante muitos anos foram esquecidas pelo poder público. 

“Exatamente hoje, dia 6 de setembro, a gente celebra aqui no território quilombola da Liberdade, dois anos do Centro de Iniciação ao Trabalho. Esse equipamento público desenvolvido pelo Governo do Estado do Maranhão veio recuperar a autoestima dessa comunidade, durante muito tempo esquecida e que agora passa, cada vez mais, através desse governo, a ser reconhecida e a ser valorizada. O CIT existe justamente nesse sentido, de fortalecer as identidades culturais desse povo, de forte tradição e herança ancestral africana, e ao mesmo tempo criar mecanismos de inserção dessa comunidade no mundo do trabalho. O CIT se faz presente aqui, com a comunidade, no sentido de buscar caminhos, parcerias, para que haja mais oportunidade de qualificação, sobretudo da juventude, para o mundo do trabalho”, pontuou Ricarte Almeida. 

Vilma Andressa Melo, 20 anos, é moradora da Liberdade e fez inscrição por meio do CIT pelo para processo seletivo de estágio. Finalmente ela conseguiu uma oportunidade e foi aprovada para trabalhar em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O vice-governador Carlo Brandão fez questão de acompanhar de perto as atividades em celebração os dois anos do CIT(Foto: Handson Chagas)

“Passei muito tempo procurando emprego e por não ter experiência e por ser jovem eu não tinha conseguido nenhum. Todas as empresas nas quais tentei vaga, pediam experiência e não devam oportunidade aos jovens. Por isso o CIT é importante”, conta a jovem. 

Com 16 anos de idade, Carla Neves aproveitou o Feirão do Trabalhador edição Quilombo Urbano Liberdade para tirar a Carteira de Trabalho e atualizar o documento de identidade. Ela aprovou o atendimento. 

“Muito importante esse serviço. O atendimento foi muito rápido e eu fui muito bem atendida”, avaliou. 

As atividades em alusão aos dois anos do Centro de Iniciação ao Trabalho integram o conjunto de ações do Governo do Estado em comemoração aos 409 anos de São Luís.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
São Luís - MA Atualizado às 18h03 - Fonte: ClimaTempo
30°
Nuvens esparsas

Mín. 25° Máx. 31°

Dom 32°C 24°C
Seg 33°C 25°C
Ter 33°C 25°C
Qua 32°C 26°C
Qui 32°C 26°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete