Geral Maranhão

Governo do Maranhão celebra 5 anos da entrega da 1ª Escola Digna de substituição

Escola Digna se tornou o maior programa educacional da história do estado e é destaque em investimentos no País.

18/07/2021 15h00
Por: Redação Fonte: Secom Maranhão
 Povoado Alto dos Maricotas, em Paulo Ramos (Foto: Divulgação)
Povoado Alto dos Maricotas, em Paulo Ramos (Foto: Divulgação)

“É muito bom sentir essa felicidade de que você vai aprender em uma escola de verdade. Minha felicidade não tem cabimento!”, o emocionado depoimento é da jovem Laryssa Santos, estudante da Unidade Integrada Raimunda Ramos, Escola Digna entregue, recentemente, pelo Governo do Maranhão no Povoado Alto dos Maricotas, em Paulo Ramos. Ela é uma dos centenas de milhares de estudantes já beneficiados com a entrega de obras educacionais pelo Escola Digna durante os cinco anos de criação do Programa.

Instituído pelo governador Flávio Dino em janeiro de 2015 com o objetivo de alavancar a educação do Maranhão, o Escola Digna se tornou o maior programa educacional da história do estado e é destaque em investimentos no país, uma vez que não se atenta apenas à questão infraestrutural das escolas, mas também apoia os municípios e a própria rede estadual com outras ações estruturantes.

“Nós imaginamos esse programa inicialmente como uma estratégia de apoio aos municípios na superação de uma dura e inaceitável realidade, a existência de milhares de pequenos estudantes e de educadores trabalhando em escolas de taipa, barro, palha – escolas que não oferecem a infraestrutura propícia à aprendizagem como nós queremos que ocorra, com igualdade de oportunidade e de chances. O programa Escola Digna nasceu assim! Hoje é uma realidade que nós pensamos ser irrevogável, quem fala no futuro do Maranhão tem que se comprometer com o Escola Digna, porque combate as desigualdades e abre avenidas de esperança, de alegria, de sorrisos, de sonhos, para as nossas crianças e jovens”, destacou o governador Flávio Dino.

“Progressivamente fomos estendendo a nossa visão para alcançar outras prioridades que foram sendo formuladas. Apoiamos os municípios, e também a nossa rede estadual, por exemplo, com a criação de uma rede pioneira de escolas de tempo integral, além de levarmos ações de formação, o Pacto Estadual da Aprendizagem, programa Mais IDEB, e mais recentemente, durante a pandemia, a TV Educação e a Plataforma Gonçalves Dias, mostrando uma articulação importante entre as várias iniciativas, a fim de que nós tenhamos exatamente o conceito que está no nome e na alma do programa: o conceito da dignidade! Por isso que o nome se chama Escola Digna”, pontuou Flávio Dino.     

Escola Digna: feita por pessoas para pessoas

“Para nós, o Escola Digna significa o desenvolvimento de uma educação que o povo quer e merece. No nosso caso, a nossa escola, que fica no Quilombo Nazaré, respeita as nossas raízes ancestrais e a construção do sentimento de pertencimento”, conta emocionada Josenilde de Nazaré, professora da Escola Nossa Senhora de Nazaré, em Serrano do Maranhão.

Laryssa Santos é uma dos milhares de estudantes já beneficiados com ações do Programa Escola Digna (Foto: Divulgação)

Ao longo desses cinco anos, já foram centenas de comunidades escolares em todo o Maranhão beneficiadas com a substituição de espaços inadequados por prédios do Escola Digna. Agora estudantes, professores e técnicos educacionais têm um espaço adequado, com banheiros, cozinha, carteiras novas e amplas sala de aula. Espaços esses que representam a realização de um sonho, não apenas das comunidades beneficiadas, mas de todos aqueles que direta ou indiretamente fazem parte deste importante programa. 

Pessoas como o ajudante de pedreiro Gleidson Fabiano. Ele está entre as dezenas de profissionais que trabalhou na reforma do Centro Educa Mais Ribeiro do Amaral, localizado no bairro da Maioba, em Paço do Lumiar. “Reformar escola é bom para dar mais dignidade aos alunos. No meu tempo não tinha ar-condicionado, nem forro. É muito bom começar e terminar uma escola”, afirmou Gleidson.

Onda de satisfação que se estende aos demais profissionais envolvidos nas entregas das mais de 1.300 obras de equipamentos educacionais realizadas pelo Governo do Maranhão, no âmbito do programa Escola Digna.

“Tenho muita gratidão pela oportunidade que o governador Flávio Dino me deu de cuidar de um programa tão importante, sob seu comando e olhar carinhoso, que compreende o valor da educação na vida das pessoas”, declarou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão. 

“Sou um dos condutores da equipe do Escola Digna e me sinto lisonjeado em acompanhar na íntegra e de perto a criação e desenvolvimento desse programa, que veio para ficar e mudar a educação do Maranhão”, concluiu um dos motorista da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Moisaniel Câmara.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.