Saúde Maranhão

Governo leva serviços de saúde à população em situação de rua e trabalhadores do Centro da capital

Ação Resgate realizou testes para o diagnóstico da Covid-19, Sífilis, Hepatites B e C e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), além da aferição de pressão e glicemia.

26/05/2021 17h21
Por: Redação Fonte: Secom Maranhão
Ação foi promovida pelo CAPS AD Estadual (Foto: Ruy Barros)
Ação foi promovida pelo CAPS AD Estadual (Foto: Ruy Barros)

O Governo levou, nesta quarta-feira (26), serviços de saúde a pessoas em situação de rua e trabalhadores da região do Centro de São Luís. Promovida pelo Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD Estadual), em parceria com a Delegacia de Costumes, a Ação Resgate realizou testes para o diagnóstico da Covid-19, Sífilis, Hepatites B e C e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), além da aferição de pressão e glicemia. 

“O nosso intuito é levar os serviços às pessoas que estão transitando pelo local, que muitas vezes não têm tempo de se deslocar a um consultório para realizar os exames. Caso o resultado dê positivo em algum dos testes ofertados, os profissionais presentes farão o devido encaminhamento à assistência, a fim de que sejam realizados mais exames e, então, dar início ao tratamento do que for diagnosticado”, disse o coordenador do CAPS AD Estadual, Marcelo Costa. 

A Ação Resgate tem a proposta de recuperar pessoas em situação de rua que queiram receber ajuda para tratamento do vício de álcool e outras drogas. A iniciativa também leva, de forma gratuita, serviços de saúde à população em geral. Nesta quarta-feira, a mobilização levou aproximadamente 400 testes rápidos para detecção de ISTs. 

A medida também fortalece o enfrentamento à Covid-19, com a detecção da doença por meio de testes rápidos. Para esta edição do Ação Resgate, foram disponibilizados cerca de 80 testes.

Segundo o titular da Delegacia de Costume, Joviano Furtado, o Ação Resgate facilita o acesso à saúde. “Esse atendimento ao público está sendo cada vez mais bem aceito pelas pessoas. A iniciativa tem sido proveitosa e também nos ajuda a detectar as pessoas que são portadoras de comorbidades e orientar da forma adequada”, afirmou. 

Ação resgate promoveu vários testes, como o diagnóstico da Covid-19 (Foto: Ruy Barros)

Andressa Almeida, de 24 anos, trabalha em uma relojoaria na região e aprovou a iniciativa. “Para mim, que trabalho no centro, é sempre muito bom. A gente até ajuda quem é morador de rua, informando que está sendo ofertado testes. Ações como essa são importantes, pois ajudam a estarmos alertas quanto a nossa saúde em especial e buscar tratamento em caso de alguma alteração”, destacou. 

A Ação Resgate contou com a presença de equipe multiprofissional composta por farmacêutico, bioquímico, médico clínico, enfermeiro e técnico de enfermagem. Enquanto recebiam atendimento, as pessoas também eram orientadas por assistentes sociais da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (SEMCAS).

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.