Geral Maranhão

AGED realiza fiscalização em estabelecimentos de agrotóxicos em Barra do Corda

Várias empresas foram notificadas a fazerem a regularização de seus registros de revendedores junto à AGED, conforme determina a legislação vigente.

26/05/2021 16h26
Por: Redação Fonte: Secom Maranhão
Fiscal repassa informações sobre a legislação de agrotóxicos (Foto: Divulgação)
Fiscal repassa informações sobre a legislação de agrotóxicos (Foto: Divulgação)

Uma equipe da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) realizou na primeira quinzena de maio uma série de fiscalizações em estabelecimentos comerciais de agrotóxicos, na região de Barra do Corda. O objetivo é averiguar se os empreendimentos estão cumprindo o que determina a legislação em vigor.

Durante a ação, várias empresas foram notificadas a fazerem a regularização de seus registros de revendedores junto à AGED, conforme determina a legislação vigente. Ainda como balanço da fiscalização, interdições de produtos que estavam sendo vendidos de forma irregular foram realizadas pelos fiscais da AGED.

Segundo o fiscal da AGED responsável pela operação, Ricardo Arruda, mais atividades como essas serão feitas na regional de Barra do Corda ao longo do ano, com a finalidade de regularizar todas as lojas agropecuárias, além de coibir a venda irregular e clandestina desses produtos por empresas não registradas na AGED. Fazem parte da regional de Barra do Corda os municípios de Fernando Falcão, Grajaú, Itaipava do Grajaú, Formosa da Serra Negra, Sítio Novo, Jenipapo dos Vieiras e Arame.

As atividades de fiscalização em estabelecimentos comerciais e distribuidoras de agrotóxicos, bem como as prestadoras de serviço que realizam aplicação de agrotóxicos estão previstas na legislação estadual de agrotóxicos do Estado do Maranhão (Lei nº 8.521, de 30 de novembro de 2006).

Durante as vistorias, os fiscais sempre observam os registros das empresas junto a AGED, o armazenamento e exposição dos agrotóxicos, o uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), o receituário agronômico, a validade dos produtos, e se os mesmos são cadastrados no Estado do Maranhão.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.