Geral Maranhão

Governo do Estado inicia a revitalização da área da capela de São Pedro

Reforma é parte das ações executadas pelo Programa Nosso Centro, que que está transformando o centro de São Luís.

30/04/2021 16h05
Por: Redação Fonte: Secom Maranhão
Capela de São Pedro está sendo reformada pelo Governo do Estado (Foto: Brunno Carvalho)
Capela de São Pedro está sendo reformada pelo Governo do Estado (Foto: Brunno Carvalho)

Desde 2015, o Governo do Maranhão realiza diversas obras estruturantes que estão transformando a imagem da área central de São Luís e projetando esse espaço da cidade para ser uma referência na oferta de atividades culturais, educacionais, de lazer e turísticas. Várias dessas ações acontecem por meio do Programa Nosso Centro, a exemplo da revitalização da Capela São Pedro, no bairro da Madre Deus e seus equipamentos como escadarias, canteiros e pátios. 

As obras iniciaram este mês e estão sendo realizadas por meio da Agência Executiva Metropolitana (AGEM). Todo o trabalho é executado obedecendo as normas sanitárias necessárias de serem utilizadas neste período de pandemia da Covid-19. A previsão é que esteja concluído no segundo semestre deste ano. 

A AGEM abriu um diálogo com a comunidade do bairro da Madre Deus para colher sugestões referentes a obra. A maior preocupação é com a estrutura, principalmente com a lona de cobertura da capela, que está desgastada e será toda substituída. As estruturas metálicas que sustentam a lona também serão trocadas. Os sistemas hidráulicos e elétricos serão mudados.  

Na quarta-feira (28), o presidente da Agência, Lívio Correa, conversou com os moradores da Madre Deus, na capela, que integram a Comunidade de São Pedro. 

Presidente da AGEM, Lívio Correa, afirmou que o governador Flávio Dino atende a uma demanda antiga dos moradores da Madre Deus (Foto: Brunno Carvalho)

“É mais um trabalho do governador Flávio Dino, na área central de São Luís, realizado através do Programa Nosso Centro. A intenção era que tudo fosse entregue para a população no dia 29, o dia de São Pedro. Mas o serviço demanda mais tempo para ficar perfeito como pede a comunidade”, explica Lívio Correa.  

A estrutura atual da capela foi inaugurada em dezembro de 2001. Desde então nunca aconteceu nenhuma reforma, somente pequenos reparos, o que deixou o equipamento em situação precária. A coordenadora da Comunidade São Pedro, Regina Soeiro, moradora da Rua São Sebastião, 29, na Madre de Deus, afirma que há 10 anos a comunidade luta pela realização da obra. “O governador Flávio Dino está atendendo uma demanda antiga dos moradores da Madre Deus e dos devotos de São Pedro”, ressalta. 

A comunidade e os frequentadores da capela estão comemorando a realização da obra. Maria José Ferreira dos Santos, 83 anos, moradora da Rua do Pau d’Arco, 68, Madre Deus, afirma que sempre participa das atividades na capela, principalmente as do Grupo de Santa Mônica. “Faz uns 10 anos que a gente luta por essa reforma e, graças ao governador Flávio Dino, a gente conseguiu. Agora vai”. 

Para Francisca de Castro Vaz, aposentada e moradora da Rua São Sebastião, a obra é um presente para os moradores da Madre Deus e os fiéis de São Pedro. “É uma maravilha que o governador Flávio Dino está fazendo aqui; a gente luta, há tempos, por essa reforma”.

Revitalização

Trabalhadores iniciando serviços na área da Capela de São Pedro (Foto: Brunno Carvalho)

Os engenheiros e arquitetos que coordenam o trabalho estão tendo o cuidado de projetar um serviço que tem como eixo central recuperar a estrutura da capela. Mas todo o espaço, de aproximadamente 4.500m², será revitalizado, o que inclui, também, escadarias, pátios, canteiros e calçadas. 

O piso e revestimento em cerâmica da capela serão substituídos. As calçadas da área, que estão com rachaduras, serão quebradas e recompostas. Os corrimãos de ferro, os gradis e as esquadrias, tudo será restruturado. As escadas, pátios e canteiros serão recuperados e todo o complexo será pintado.        

Ação comunitária

Aposentada Francisca de Castro Vaz afirma que a obra na capela é um presente para os moradores da Madre Deus (Foto: Brunno Carvalho)

As obras na capela de capela de São Pedro, que faz parte da Paróquia de São José e São Pantaleão, vão ajudar a manter um trabalho comunitário que acontece durante todo o ano. Em tempos comuns, sem a pandemia da Covid-19, as missas são às 7h dos domingos e às 19h de quinta-feira. O espaço é usado, também, para reuniões comunitárias, atividades de um grupo de jovens e do Grupo de Santa Mônica, que é formado por mães que oram pelos seus filhos e filhas. São promovidas ações educativas voltadas à comunidade, entre as quais aulas de violão. 

Neste período de pandemia, as atividades foram suspensas, permanecendo apenas a missa aos domingos, às 7h, obedecendo os cuidados sanitários.  Com a reforma, Regina Soeiro informa que a comunidade está planejando manter a missa de domingo em um espaço cultural da Madre Deus.

Festa de São Pedro

Os festejos de São Pedro, que são realizados desde meados do século XX, integram o momento mais importante dentro do calendário religioso que acontece na área da capela. Mas não foram realizados no ano passado e nem serão, este ano, por causa da pandemia da Covid-19.

São 9 dias de celebrações, que começam no dia 20 de junho e terminam no dia 29, com as procissões terrestre e marítima. Na noite do dia 28 e madrugada do dia 29, grupos de bumba-meu-boi fazem fila em frente a capela em cumprimento a ritual que compõe o ciclo religioso seguido por esses grupos da cultura popular. 

Programa Nosso Centro

O Governo do Estado, nos últimos anos, realiza ações que estão incentivando a ocupação planejada e sustentável da área central de São Luís, por meio de trabalhos como investimento em segurança, revitalização de prédios e espaços públicos que estavam abandonados e a promoção de atividades culturais.  

Várias dessas iniciativas integram o Programa Nosso Centro, entre os quais a revitalização da área da capela de São Pedro. 

O Programa Nosso Centro é uma ação realizada em conjunto pelas Secretarias de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), de Cultura (Secma), de Governo (Segov), de Turismo (Setur) e de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a AGEM. Reúne diversos programas e projetos, entre os quais Adote um Casarão, Habitar no Centro, Aluguel no Centro e Cores da Cidade. A Secma coordena as atividades.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.