Geral Maranhão

AGED/MA concede registro no Serviço de Inspeção a laticínio de Imperatriz

A indústria tem capacidade de processar 20 mil litros de leite por dia e produzir, em média, 8 toneladas de doce ao mês.

28/04/2021 10h35
Por: Redação Fonte: Secom Maranhão
AGED/MA confere a entrega do certificado SIE para o proprietário do laticínio (Foto: Divulgação)
AGED/MA confere a entrega do certificado SIE para o proprietário do laticínio (Foto: Divulgação)

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) concedeu, na terça-feira (27), o registro no Serviço de Inspeção Estadual (SIE) a um laticínio localizado na cidade de Imperatriz. A indústria tem capacidade de processar 20 mil litros de leite por dia e produzir, em média, 8 toneladas de doce ao mês. A diretora geral da AGED/MA, Antônia Lúcia Malheiros, participou da solenidade de entrega do certificado.  

Com a entrega deste registro, já são 41 empreendimentos com registro no SIE, sendo que 21 destes são laticínios e três são da agroindústria do leite. O Governo do Estado, por meio da AGED/MA, tem fomentado a geração de produtos de origem animal incentivando o registro no Serviço de Inspeção. 

É missão da Agência garantir, por meio da inspeção, o cumprimento da legislação com atendimento aos critérios sanitários. A emissão de um certificado SIE é a certeza que o empreendimento vai atender aos maranhenses com qualidade. 

A fiscal estadual agropecuário da AGED/MA, Anna Karoline Guimarães, explicou que o registro no Serviço de Inspeção é importante para fortalecer o empreendimento, pois com o SIE os produtos podem ser comercializados em todo o estado do Maranhão, além de garantir a qualidade do produto que chega à mesa do maranhense. “Todos os produtos com registro no Serviço de Inspeção passam periodicamente por análises para garantirmos a qualidade da produção que vai chegar até o consumidor”, explicou.

O proprietário do laticínio, Renato Gomes Viera contou que o empreendimento chegou para somar às outras empresas do grupo na produção de doces e, assim como as demais que já possuem o registro no SIE, a empresa seguiu o mesmo caminho. Com o novo negócio e planos para o futuro, o empresário pretende ampliar a produção ao inscrever o empreendimento também no Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA). 

“É importante ter o seu produto inspecionado para entregar ao mercado. Os planos para o futuro são para levarmos nossos produtos para estados do Pará, Tocantins, Goiás, Ceará, Pernambuco para que as pessoas saibam que no Maranhão existem produtos bons e com qualidade e segurança”, afirmou Renato Gomes Viera.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.