Destaque IMPERATRIZ - MA

Governo do Maranhão segue transferindo em aeronaves, pacientes com Covid-19 de Imperatriz para São Luís

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), tomou inciativa por conta do colapso na saúde do município de Imperatriz, que chegou a 100% de ocupação de leitos Clínicos e UTI's.

28/02/2021 15h33 Atualizada há 2 meses
Por: Willamy Figueira
Foto: Divulgação/SES
Foto: Divulgação/SES

O Governo do Maranhão, através da Secretaria de Estado da Saúde (SES), segue transferindo pacientes de Imperatriz - MA, com Covid-19 para a capital maranhense São Luís.

Na primeira etapa, que aconteceu a três dias, a SES usou avião e nessa segunda etapa, está usando helicóptero do Centro Tático Aéreo (CTA), depois que a saúde pública do município entrou em colapso com o alto índice de casos no mês de fevereiro.

De acordo com o governador Flávio Dino (PCdoB), ele assumiu em uma live que Imperatriz é a cidade da região que tem o maior quadro de gravidade nos aumentos de casos de Coronavírus em todo em todo o estado, levando o Governo Estadual formar parceria com a iniciativa privada, a construir as pressas um Hospital de Campanha.

Aumento nos casos:

Durante essa semana, a cidade de Imperatriz, bateu o recorde nos registros de novos casos de Covid-19,  chegando a superar São Luís que tem quatro vezes mais o número de habitantes.

O prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (DEM), assinou um novo Decreto e criou o "toque de recolher" a partir das 23h durante 15 dias e segue fiscalizando para combater a prática de aglomeração de pessoas apartir desse horário.

Pedido de Lockdwon:

A Defensoria Pública do Maranhão, entrou com um novo pedido de lockdown nos 217 municípios maranhenses, para tentar conter o avanço do Coronavírus. O primeiro pedido de lockdown, foi negado pelo pela Justiça no final de janeiro.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.