Sexta, 26 de Fevereiro de 2021 01:19
99 3199-1120
Dólar comercial R$ 5,51 1.721%
Euro R$ 6,72 +2.02%
Peso Argentino R$ 0,06 +1.63%
Bitcoin R$ 278.091,64 -2.884%
Bovespa 112.256,36 pontos -2.95%
Economia RETORNO DO BENEFÍCIO

Número do CPF será usado para definição do recebimento do Auxílio Emergencial em 2021

O Dataprev ficará responsável para processar através do CPF, a liberação ou não do benefício que terá sua segunda extensão em meio ao retorno neste ano.

18/02/2021 08h18 Atualizada há 1 semana
Por: Willamy Figueira
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O CPF será o novo modo das pessoas tirarem dúvidas do Auxílio Emergencial 2021. Na verdade trata-se de um passo a passo liberado pelo Governo Federal. Para você tirar suas dúvidas sobre o auxílio ou consultar informações relacionadas aos pagamentos, bastará ter em mãos o seu CPF para que o processamento seja feito pelo Dataprev.

Também contém uma cartilha com informações sobre como o cidadão poderá verificar sua situação em relação ao auxílio emergencial.

Será possível também consultar saldo disponível para movimentação, pagamentos, saques e transferências, através do aplicativo Caixa Tem (disponível em Android e iOS).

Auxílio emergencial 2021:

A expectativa agora é que o Auxílio Emergencial comece a ser pago em março com parcelas que irão até junho de 2021.  

O presidente Jair Bolsonaro já deixou bem claro que não prentende ficar estendendo benefício neste ano.

"No momento, a nossa equipe, juntamente com parlamentares, estuda a extensão por mais alguns meses do auxílio emergencial, que repito, o nome é 'emergencial'. Não pode ser eterno porque isso representa um endividamento muito grande do nosso País e ninguém quer o País quebrado" - afirmou o presidente.

Existe a possibilidade do valor das parcelas serem entre R$ 200,00 ou R$ 250,00. Para o ministro da Economia, Paulo Guedes, a liberação do auxílio vai depender da aprovação das propostas em negociação no Senado e do Orçamento de 2021.

Guedes, ressalta que precisa de segurança jurídica, sendo ela uma declaração de calamidade ou uma reformulação na edição da PEC do orçamento de guerra.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.