Sexta, 26 de Fevereiro de 2021 00:58
99 3199-1120
Dólar comercial R$ 5,51 1.721%
Euro R$ 6,72 +2.02%
Peso Argentino R$ 0,06 +1.63%
Bitcoin R$ 277.233,68 -3.184%
Bovespa 112.256,36 pontos -2.95%
Economia EM ALTA

Preço da "arroba do boi" bate recorde em alta no preço e passa a valer R$ 300

Com a China sendo o maior importador da carne bovina brasileira, a alta no preço foi o maior valor em 27 anos e pesa no bolso do consumidor interno.

07/02/2021 09h41
Por: Anna Luiza
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Nesta semana, a arroba bateu recorde e atingiu a casa dos R$ 300. Trata-se do maior valor para o indicador desde o início da série histórica do Cepea (Centro de Ensino e Aplicada à Educação), iniciada em 1994, há 27 anos. 

A arroba é uma medida de peso, tradicionalmente usada no Brasil, e equivale a 15kg do peso morto do animal e 30kg do peso vivo. Ou seja, essa uma arroba hoje tem o valor de R$ 300, mas já vem aumentando ao longo dos anos e opera acima dos R$ 200 desde maio do ano passado. 

Um boi gordo, pronto para o abate, tem cerca de 500kg, logo, em média, o valor desse animal gira em torno de R$ 4.500. O aumento no preço do arroba, segundo os especialistas, se explica por alguns fatores, mas principalmente pela oferta restrita de gado no mercado brasileiro, somada a entrada da China como grande comprador da carne do Brasil.

Os produtores da carne bovina relatam que com o impeachment da ex-presidente Dilma, desencadeou uma crise no setor e os pecuarista, que quis aumentar a produção, porque os preços batiam recorde em 2015, em 2016 e 2017, quando essa carne começa a aparecer, os preços estavam em baixa, porque não tinha demanda, não tinha uma China comprando muita carne, e aí o preço cai porque ao mesmo tempo havia uma oferta muito grande de gado.

Essa demanda da China influenciou diretamente nos preços no mercado interno brasileiro, pesando no bolso dos consumidores que em 27 anos nuncam tinha presenciado nos açougues em todo os estados, um preço tão absurdo como está agora.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.